04/08 - PROCON Pinda orienta consumidores para as compras do Dia dos Pais

Com o aumento de reclamações referentes a datas comemorativas, o Procon Pindamonhangaba alerta os consumidores sobre os cuidados com as compras online nesta época em que se comemora o Dia dos Pais.
De 2019 para 2020, o Procon observou um aumento expressivo nas reclamações referentes a compras online, principalmente nas datas comemorativas em meio à pandemia, quando muitos consumidores optaram pelas compras online tanto pela praticidade quanto pela segurança que elas representam.
Em contrapartida, as reclamações relacionadas a esse meio de compra também cresceram e por isso a importância dos consumidores ficarem atentos às orientações para evitarem problemas.
“Com a chegada do Dia dos Pais, data importante para o comércio varejista, o Procon orienta os consumidores a tomarem alguns cuidados. No caso compras online é fundamental ficar atento às informações sobre o fornecedor, verificar se a empresa existe, se tem CNPJ, endereço físico e se disponibiliza contato para dúvidas”, afirmou a diretora da entidade Gislene Cardoso.
Ela orientou ainda a consultar se o local consta da lista de sites não recomendados pelo Procon-SP”, que pode ser verificado através do site https://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php
Ela ressalta ainda que é importante conhecer sobre a política de venda e de atendimento ao consumidor pois isso traz mais segurança. “É interessante verificar qual a política de atendimento ao cliente, como é o pós-venda, se a empresa troca, quais os canais de contato etc. Informações como o preço total, qual valor do frete e data da entrega devem ser checadas antes da compra e cumpridas corretamente pelo fornecedor", recomenda a diretora.
O consumidor deve estar atento à forma como procura a empresa, não sendo recomendado responder mensagens de publicidade ou acessar os links enviados. “É ele quem deve buscar o fornecedor por sua iniciativa, acessando as páginas oficiais.
Preços muito abaixo do mercado podem indicar problemas, como golpes, fraudes, mercadoria falsificada etc”, afirmou.
Segundo o Código de Defesa do Consumidor é direito do cliente a devolução do item adquirido no prazo de sete dias da compra ou da entrega; nesse caso, o consumidor não deve ser cobrado por nenhum valor e, de preferência, deve registrar o pedido de cancelamento por escrito.

Uma plataforma para você gerenciar o site da sua prefeitura.