FUNDO SOCIAL

30/08/18 - Pinda realiza “I Encontro de Conexão do Terceiro Setor do Vale do Paraíba”
30/08/2018 - 12h01

 

A Prefeitura de Pindamonhangaba e o Fundo Social de Solidariedade realizaram, na terça-feira (28) - Dia Nacional do Voluntariado - o I Encontro de Conexão do Terceiro Setor do Vale do Paraíba. A intenção foi, por meio da palestra de Roberto Ravagnani, discutir as estratégias de gestão social e do terceiro setor.

O evento foi realizado na Faculdade Anhanguera, com a participação de representantes de secretarias de assistência social e instituições sociais de Pindamonhangaba, Taubaté, Canas e São José dos Campos, entre outras cidades.

encontro foi aberto pelo prefeito Isael Domingues, que falou a respeito da importância do trabalho de voluntariado realizado pelos funcionários comissionados desta gestão, aos finais de semana, possibilitando com que fiquem abertos locais públicos como o Parque da Cidade, por exemplo.

Ao longo do dia, foram realizadas palestras com os seguintes temas: “voluntariado - uma ferramenta de crescimento das organizações”; “Criatividade para gestão”; “falar melhor para mostrar melhor”; e “captar e gerar recursos”. O evento foi encerrado com um debate entre os presentes.

De acordo com o palestrante, o enfoque do encontro foi incentivar uma conexão entre os trabalhos que estão sendo realizados pelas instituições e prefeituras das cidades do Vale do Paraíba. "Temos muitos bons trabalhos sendo realizados, mas que não são divulgados, e mais, que não são compartilhados entre as entidades", explicou, usando como exemplo a loja Arte Encanto, desenvolvida pelo Fundo Social de Solidariedade no Shopping Pátio Pinda, e que é administrada pelos artesãos cadastrados, sob supervisão do Fundo Social. Segundo Ravagnani, a loja Arte Encanto deveria ser uma referência para as outras cidades da região realizarem trabalhos semelhantes com seus artesãos, para capacitação, incentivo e valorização de produção.

Em suas palavras, Ravagnani deu dicas para as entidades assistenciais, ressaltando a importância de ter uma atenção especial para a parte burocrática da instituição e também de investir no marketing. "Existem instituições que desenvolvem bons trabalhos mas têm dificuldade financeira e não conseguem conquistar recursos por não saberem formatar projetos, por exemplo. Por isso é importante que seja realizada uma capacitação e atualização constante de conhecimentos", avaliou.

Ao final, o palestrante sugeriu que esses encontros sejam realizados em outras cidades da região, para a divulgação dos trabalhos realizados e para uma interação entre as ações promovidas pelas prefeituras.

 

Outras Matérias
Adote Adote

ACESSO RÁPIDO