GERAL

02/03/18 - Pinda apresenta queda de 32% na taxa de homicídios
02/03/2018 - 16h59

  

O município de Pindamonhangaba apresentou redução de 32% na taxa de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) em 2017 comparado a 2016 - caindo de 32 para 22 casos registrados. A diminuição é ainda mais significativa no comparativo entre os meses de janeiro de 2016, 2017 e 2018. Este ano, de acordo com dados a Secretaria Estadual de Segurança Pública, ocorreu apenas um homicídio doloso na cidade - queda de 75% em relação ao mesmo período de 2016 quando ocorrem quatro e de 67% em relação a janeiro de 2017, com três homicídios dolosos.

O secretário de Proteção e Bem Estar ao Cidadão de Pindamonhangaba, José Sodário Viana, atribuiu a redução acentuada da taxa de homicídios de 2017 para 2016 e também dos meses de janeiro de 2018 em relação ao primeiro mês de 2017 e de 2016 à implantação do COI - Centro de Operações Integradas - que permite o videomonitoramento de vários pontos da cidade, a retomada da Atividade Delegada e com mais policiais, às novas viaturas para a Polícia Militar - concedidas pela Prefeitura - dentre outros aspectos. "São ações que estão, a cada dia, contribuindo para a segurança pública. Por meio de imagens do COI, já recuperamos veículos furtados e roubados, evitamos e prendemos pichadores e conseguimos evitar roubos e furtos em estabelecimentos comerciais e residenciais", explicou o secretário.

Sobre a redução do número de homicídios, ele ainda interliga o fato ao trabalho constante das policias. "A equipe da Polícia Civil tem elucidado os crimes com bastante agilidade - culminando na prisão de autores - tirando esses elementos das ruas e isso tem servido para reduzir a taxa de homicídio e desestimular outras pessoas para que não venham a cometer crimes. Além disso, o trabalho da Polícia Militar também é fundamental para essa queda, pois eles apresentam um serviço de bastante sucesso com ações preventivas, ostensivas e de patrulhamento. E, nossa equipe, da Guarda Municipal, também contribui com os policiais - valorizando sempre o trabalho conjunto", completou.

De acordo com José Sodário Viana, a utilização do COI ainda será reforçada com a implantação do Pinda Inteligente - programa que permitirá a utilização de imagens cedidas por particulares ao COI - expandindo a área de vigilância das câmeras de monitoramento. Seu lançamento está marcado para a próxima semana.

O secretário ressaltou que o aumento de policiais, com o retorno do serviço de Atividade Delegada, também foi crucial para a redução de outros índices.

O número de furtos caiu 4% no comparativo 2016/2017 baixando de 1690 para 1618 e o de roubos 2% - com queda de 746 em 2016 para 732 em 2018.

 

Outro indicador social relevante destacado pelas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública foi o de lesão corporal dolosa. Em 2016 foram 521 e em 2017 foi de 413 - uma diminuição de aproximadamente 20%.

Outras Matérias
Adote Adote

ACESSO RÁPIDO