EDUCAÇÃO

22/02/18 - Secretaria de Educação promove 1° Congresso Municipal
22/02/2018 - 17h05

  

Nos dias 15 e 16 de fevereiro, a Secretaria de Educação realizou o I Congresso Municipal de Educação com o tema: Território de uma cidade educadora.

Os professores participaram da abertura na noite de quinta-feira (15), no espaço Marinelli Eventos, com palestra do professor Ivan Vilela. O Projeto Guri apresentou cinco musicais, e em seguida foi realizada uma homenagem aos professores de 2017. Um professor de cada unidade escolar, eleito por seus colegas como ‘professor do ano’, recebeu um cartão de prata e, entre os homenageados, uma bicicleta foi sorteada. O professor Ivan, durante sua palestra, ressaltou a trajetória da rica cultura brasileira, em especial, a caipira.

Na sexta-feira (16), cada professor em seu horário de trabalho participou na Faculdade Anhanguera, de palestras e oficinas que abordaram os temas: Infância e Ludicidade, Educação inclusiva, Alfabetização e Letramento, Matemática e Jogos, Território - escola, Currículo e Avaliação, desenvolvidos pelos profissionais: Deise Morais, Andréia Conrado, Vânia Carmo, Reinaldo Nascimento, Alexandre Arena, Beatriz Critelli, Márcio Hollossi Josué Bertolino, Victor Narezi e Thatiane Reis.

O Congresso fortifica a ação iniciada pela Secretaria de Educação no ano passado em auxiliar os profissionais no processo de ensino-aprendizagem. Os temas trabalhados buscam atender as demandas dos professores da rede municipal de ensino de Pindamonhangaba via pesquisa realizada com os docentes.

“No primeiro dia, o encontro com as professoras e a palestra sobre o tema território no período noturno foi uma acolhida carinhosa para o início de uma série de oficinas e palestras na qual a troca de experiências e, onde todos, palestrantes e professores, trouxeram contribuições reais que foram compartilhadas no grupo. Momentos de troca de experiências relevantes onde o que ficou de sentimento foi a vontade de que mais encontros como este aconteçam no decorrer do ano”, comentou a professora corresponsável, Camila Alessandra de Souza.

A professora Danielle dos Santos Barbosa Costa, da escola Prof.ª Ruth Azevedo Romeiro, diz ter gostado muito do formato do Congresso, com oficinas e palestras. “Eu gostei, principalmente das oficinas, pois foi espaço de diálogo e trocas sobre a inclusão com os colegas e profissionais. Momentos como esses enriquecem nossa prática e promovem trocas!”, disse.

 

Para o secretário de Educação, professor Júlio Valle, a formação teve como objetivo principal fomentar as discussões em torno das possibilidades de educar. “Usar a cidade como espaço educativo de trocas, experiências, aprendizados que formam cotidianamente cidadãos em nosso município. Conhecer nossa história, as memórias de nossos pais e avós e nosso território é fundamental para educar cidadãos críticos e amorosos de sua cidade. Esse foi o principal objetivo de nosso congresso”, ressaltou.

Outras Matérias
Adote Adote

ACESSO RÁPIDO