12/07/17 - Shows de Aniversário são sucesso no Parque da Cidade
12/07/2017 - 18h16

  

Foram quatro dias e oito shows, em estilos variados, além de muita solidariedade

 

 

 

O final de semana foi marcado pelos shows comemorativos aos 312 anos de emancipação político-administrativa de Pindamonhangaba, no Parque da Cidade. De sexta (7) a segunda-feira (10), foram realizados oito shows: Corporação Musical Euterpe, A Tropa, Sambatuque, Sandamí, La Brava, Malta, Dj Yago e Caio César & Diego.

 

A centenária Corporação Musical Euterpe se apresentou pela primeira vez na festa do Parque da Cidade. Os músicos apresentaram diversos pot-pourris, e um repertório pop, com sucessos de músicos como Roupa Nova, Tim Maia e Ari Barroso, encantando a todos. Em seguida, a banda A Tropa agitou o público, que não se intimidou com a noite fria e compareceu ao Parque da Cidade. A Banda de Pindamonhangaba é formada pelos músicos Kene Konaman, Jota P, Mateus da Mata, Marco Vinci, Marcos Guimarães e Alexandre Campos, em mais de dez anos de estrada. A Tropa contagiou o público presente em um show cheio de energia, espiritualidade e muito groove.

 

O evento foi realizado pela Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Coordenadoria de Eventos e apoio de todas as secretarias e departamentos, além do Fundo Social de Solidariedade. A festa teve um grande caráter social, com entrada solidária trocada por 1 kg de alimento não-perecível, praça de alimentação com barradas das entidades assistenciais da cidade, estacionamento revertido para as instituições filantrópicas e feira de artesanato Arte Encanto, com doações dos artistas para o Fundo Social.

 

Para o prefeito, “os artesãos estão aqui para mostrar o trabalho deles, e Pinda muitas vezes não conhece o trabalho daqui. Essa é uma economia alternativa. Hoje em dia você tem que usar a criatividade para ganhar algum dinheiro e complementar a renda da família", explica. 

 

Praça de alimentação e feira de artesanato são oportunidade de geração de renda

A Praça de Alimentação da festa contou com 16 barracas de entidades assistenciais da cidade e o Fundo Social de Solidariedade, 18 barracas de ambulantes também com alimentação, além de pipoca e algodão doce. Caldinhos, massas, petiscos e porções, foram algumas das opções do cardápio da festa, que teve também muitas barracas de doces, como cocada, espetinho de morango, maçã do amor, brigadeiro e muito mais.

 

A barraca do Fundo Social conquistou o paladar do público e garantiu boas vendas em todos os dias de festa. A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Pinda explica como esse dinheiro será utilizado. "Nossa participação na festa tem grande importância, pois a arrecadação da venda de alimentos, será revertida para as entidades, para poder comprar lãs, linhas, ajudar no Abrigo dos Animais nas necessidades mais urgentes e até mesmo complementar uma cesta básica. Tudo será revertido para assistir os mais necessitados", afirma. 

Público aprova a festa

O público esteve presente e levou sua doação de 1 kg de alimento ao Fundo Social de Solidariedade. O evento foi um grande sucesso, com grande público e muita segurança, por meio do apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal, Brigadistas e segurança contratada.

A munícipe Camila Sales exalta o sucesso da festa. "Eu achei legal, a organização está bem feita, eu vim por causa da Banda Malta, porque eu adoro eles, mas achei que está tudo muito legal", afirmou. 

Outra cidadã que foi à festa com sua família para prestigiar a Banda Malta foi Kathleen Naiala, que se surpreendeu com a segurança do evento. "Estou achando bem tranquilo comparado aos outros anos, que sempre tinha brigas", completa.  

O coordenador de eventos da Prefeitura, Ricardo Flores, faz um balanço positivo da festa. “Conseguimos num momento difícil do país manter as comemorações de aniversário da cidade. Desde o começo do ano observamos cidades cancelando o carnaval e festas tradicionais, porém conseguimos em Pinda, fazer as festas acontecerem. Isso só foi possível reduzindo quase que pela metade dos investimentos, sempre com foco na valorização regional e sem economizar em segurança”.

 

O coordenador também explica que realizar eventos além de ajudar as entidades movimenta a economia local e isso “traz benefícios para toda a cidade”.

 

Sábado foi dia de Sambatuque e Sandamí

No sábado (08), a noite foi aberta pelo grupo Sambatuque, que agitou o público com grandes sucessos do samba e do pagode.

Na sequência, Sandamí, que é ex-vocalista da Banda Sambô, esteve pela segunda vez na cidade. Desta vez, o cantor veio em carreira solo propor para a população um novo estilo em seu recente trabalho, que celebra também, o centenário do samba. “Está sendo um prazer, eu tenho um carinho muito grande por Pinda. Estou bem contente de estar comemorando este aniversário aqui com vocês”, conta Sandamí.

O cantor explicou que o seu show faz parte de seu trabalho em homenagem ao samba que completa 100 anos em 2017. “Eu vou passando pelas décadas desde 1917 até chegar no seu final, para dar a entender que o samba não para nestes anos e tem muito mais aí para se ouvir em relação ao samba com suas misturas e essências”, declara Sandamí.

A festa ficou ainda mais animada com um som que é resultado da mistura de gêneros musicais vindos do cantor que difunde o rock, o baião, o pop e o samba. “Não será apenas um show de samba, mas um show de músicas misturando os estilos dentro da minha essência”, explica Sandamí.  O cantor relata ainda que o povo de Pinda ouviu uma “pitadinha de som autoral” durante seu show.

 

Sandamí encerrou a noite de festa com um gostinho de quero mais. Gostinho esse que segundo ele, não poderia deixar de acontecer porque ele sempre foi muito bem recebido na cidade.

 

La Brava e Banda Malta agitam o domingo na festa 

O domingo (9) no Parque da Cidade foi aberto com o show da Banda La Brava. A cantora Rafaela Faria e os músicos da La Brava, todos de Pindamonhangaba, fizeram um grande show, com sucessos do rock e pop rock nacional e internacional. O show foi aberto com Michael Jackson e o repertório teve Paralamas do Sucesso, Cazuza, A-ha, Bon Jovi, Maroon 5, e muitos outros sucessos clássicos e atuais.

 

O público correspondeu à simpatia de Rafaela e agitou o Parque da Cidade, espantando o frio. “Para nós, é uma honra participar das comemorações de aniversário de Pinda”, afirmou a cantora.   

 

A Banda Malta se apresentou em seguida e foi um dos maiores públicos da programação. Muitos fãs estiveram presentes, lotando o Parque da Cidade na noite de domingo (9). A Banda fez um show muito animado, com seu pop rock romântico e o público pôde escutar de seu repertório músicas nacionais, internacionais e autorais.

O guitarrista Thor Moraes comenta que é uma honra fazer parte da história de Pindamonhangaba, sendo que esse é o segundo ano em que a Malta participa da festa de aniversário da cidade. Os integrantes, inclusive, esperam que essa “tradição” continue. "A gente está crescendo aos poucos, e todo ano a gente pode se apresentar e mostrar para vocês trabalhos novos. Eu não tenho palavras para descrever o carinho que nós recebemos quando estamos no palco ", completa. 

A Malta é sempre bem acolhida pelas cidades da região do Vale do Paraíba e a vocalista Luana Camarah, que é da cidade de Taubaté, afirma que cantar por aqui é sempre especial. "Tenho muitos amigos, pessoas que eu já dividi o palco aqui, fãs da minha carreira antes de entrar na Malta, então para mim é muito especial. Agora é muito legal mostrar essa nova fase", ela integrou a formação da banda em agosto de 2016.

 

Ela deixa ainda uma dica para as bandas da região, que esse ano foi o foco da programação de shows da festa. "É persistência. Não é nada fácil, são vários fatores que precisam acontecer e conspirar para conseguir chegar na exposição nacional. Eu vou fazer quase 16 anos de carreira, o pessoal aqui do Vale me conhece desde quando eu era muito novinha, então de dois anos pra cá que a minha vida começou a mudar quando entrei no The Voice. Mas tem que meter a cara, gravar discos de músicas próprias tem que acreditar no seu trabalho, que uma hora acontece", garante Luana Camarah. 

 

Festa é encerrada com Dj Yago e dupla Caio César & Diego

Com muita música, Dj Yago e a dupla Caio César e Diego encerraram a última noite de festa em comemoração aos 312 anos de Pinda. Funk, sertanejo, pop e até mesmo o axé fizeram parte do repertório do show do Dj, que abriu a noite de festa. O público participou do show, que foi bastante animado, com vários efeitos e interação. 

 

Logo após, quem animou a noite de comemoração foi a dupla Caio César e Diego. Essa é a segunda vez da dupla no município que, desta vez, trouxe para a cidade novidades com o novo show que foi gravado recentemente em São Paulo. “A gente está feliz demais de estar participando, a festa está muito bonita e vamos por esse povo para pular”, contou o vocalista Caio César antes do show. “O frio não vai durar nem cinco minutos durante o show”, acrescentou o vocalista Diego, ao relembrar da agitação do público de Pinda na primeira vez em que eles estiveram na cidade.

Outras Matérias
Adote Adote

ACESSO RÁPIDO