MOREIRA CÉSAR

01/08/17 - Moreira César recebe eventos que valorizam arte urbana
01/08/2017 - 19h01

  

No último final de semana, dias 29 e 30, o distrito de Moreira César recebeu, com o apoio da Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, eventos que valorizam a cultura de rua e a arte urbana.

No sábado (29), o CEU das Artes recebeu durante a tarde uma programação repleta de atividades. O evento “Cultura de Rua no Céu” foi o encerramento do Workshop “Rap e Meditação”, ministrado pela naturopata, yogue e MC Dani da Terra e da MC de Taubaté, Annie.

O evento contou com pockets shows, apresentações de danças, e um lugar reservado para os grafiteiros, além de o microfone ficar aberto para qualquer pessoa que tivesse interesse em se apresentar.

“Foi muito legal, os grafites, e a apresentação da Dani da Terra com o Rap Meditação, nós pudemos conscientizar os jovens sobre a manutenção dos equipamentos, e iremos fazer um mutirão para finalizar e para manter a manutenção dos muros, além de poder divulgar os nossos cursos”, comenta o coordenador do CEU das Artes, Luis Claudio de Oliveira.

Já no domingo (30), aconteceu o Sopa de Letras, Segundo Festival de Graffiti de Pindamonhangaba. Das 8h às 18h, os grafiteiros puderam fazer uma intervenção artística no viaduto Jorge Augusto Mesquita, no centro de Moreira César.

A grafiteira Samanta Briet, de Caçapava, segue profissionalmente a carreira desde 2012 e ressalta a valorização da arte. “É importante como revitalização das ruas, além de ajudar na parte de divulgar a cultura de rua”, disse. Sua marca característica é o desenho de uma gata, e ela pinta de acordo com o tempo disponível, podendo se dedicar por horas ou dias à arte.

Já Adriano R. da Silva, conhecido como “nível 4”, é do bairro Mantiqueira e faz grafites há 12 anos. “É importante para o desenvolvimento da cultura de rua, além de me auxiliar a ganhar um dinheiro extra”, contou. Sua principal característica são as letras de seu nome em 3D.

A munícipe do bairro Parque São Domingos, Luana Rosa da Silva, estava apreciando o evento. Ela conhece alguns dos envolvidos e aprovou a iniciativa. “Acho a idéia maravilhosa, gosto de participar desses eventos por ser uma manifestação artística, que reúne pessoas que têm a mesma cultura”, completa.

Além do grafite, o evento contou com apresentações de música, dança, e batalha de MC’s.

Outras Matérias
Adote Adote

ACESSO RÁPIDO